,


ENTREVISTA: Camilinha, jogadora do Orlando Pride e da Seleção Brasileira é uma menina feliz!

Você conheçe a Camilinha? Olha que bacana! Nossa entrevistada da vez é jogadora de futebol, mais precisamente defendendo as cores do Orlando Pride e da Seleção Brasileira. Sua trajetória começa aos oito anos de idade, onde começou a jogar campeonatos regionais, estaduais e, por ser muito habilidosa, chamava a atenção de todos por onde passava. Desde 2013 é profissional e passou por diversos times até chegar a Seleção, onde disputou a Copa do Mundo Sub-20.

Seu sucesso continuou e a levou a jogar no “Houston Dash” nos Estados Unidos e na Seleção Brasileira principal. Hoje, um de seus grandes sonhos se tornou realidade, Camilinha é jogadora do Orlando Pride. Desde o surgimento da equipe ela diz que sonhava em jogar pelo clube de Orlando.

Hoje com apenas 22 anos, já é um dos grandes nomes do Pride ao lado de nomes como Marta e Alex Morgan e vem conquistado cada vez mais espaço no time em belos jogos, assistências e gols. Batemos um papo com essa menina sonhadora que tem grandes objetivos na vida e no futebol. Bora conferir?

Camilinha

Primeiramente, para quem ainda não te conhece quem é a Camilinha como pessoa e como jogadora de futebol?

A Camilinha é uma menina-mulher que gosta de brincar, que gosta de ver todo mundo feliz, que sempre quer ter pessoas boas por perto, fazer o bem. Eu sou assim, bem espontânea e sempre, sempre com sorriso no rosto independente de qualquer coisa. E como jogadora, eu sou sonhadora, acho que essa é a palavra, sempre procuro chegar em todos os meus objetivos, em todas as minhas metas e gosto de brincar, brincar com a bola e me defino como sonhadora.

Você é uma das principais jogadoras do Orlando Pride neste ano! Vimos um vídeo onde você dizia da emoção de estar no time. Como foi o convite e como está sendo a temporada?

Quem me passou foi meu empresário, o Tiago da GoUSA. Assim que ele me falou sobre, eu fiquei muito feliz e analisamos tudo com calma, apesar da minha vontade enorme de vir. Vimos que o time tem uma força muito grande e uma estrutura muito boa, então a gente simplesmente acertou os detalhes e fechou, porque sempre foi uma vontade vir pra cá. Está sendo uma grande temporada, não começamos bem o campeonato mas estamos evoluindo e acredito que temos um grande time na mão e podemos brigar para estar nos playoffs.

Camilinha

Qual foi a emoção do seu primeiro gol com a camisa do Pride? Como é sentir a torcida e jogar no novo estádio?

É muito bom, muito bom fazer gol! É muito bom você chegar em uma nova equipe fazendo gol e acabar se destacando em alguns jogos. Fico muito feliz, e a torcida vem acolhendo todas nós muito bem. Em todos os lugares é assim mas aqui a torcida é diferente.

Adoro jogar no estádio novo! O estádio é lindo e todas as pessoas que vem jogar aqui que eu conheço falam a mesma coisa, que é lindo e é bonito ver o espetáculo do pessoal.

Vimos também que você é grande fã do Kaká (afinal, quem não é, né?). Vocês tem alguma integração com o time masculino, chegou a conhecer ele pessoalmente?

Sou sim e cheguei a conhecê-lo! Como treinamos no mesmo centro de treinamento, a gente encontra no almoço, às vezes ele para e bate um papo com a gente e nós fazemos o mesmo. Ele é um cara humilde, um grande jogador e sim eu sou fã e não escondo isso.

Camilinha

Falando da cidade em si, como foi sua chegada e está sendo sua adaptação a Orlando? O time tem outras brasileiras como a Mônica e a Marta, isso ajuda bastante?

A minha adaptação foi rápida. Orlando é uma cidade linda e tem muitos brasileiros e você acaba se sentindo à vontade. As meninas do clube me acolheram muito bem, então a adaptação acaba sendo mais fácil. Assim que cheguei a Moni estava aqui, é minha companheira de apartamento, isso é muito bom porque ajuda e você se sente mais a vontade e com a chegada da Marta isso só acrescentou.

Camilinha
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Hoje o que você mais gosta da cidade que pode deixar de dica imperdível a nossos leitores?

Acho que todo mundo que vem para Orlando, vem para conhecer os parques, é uma atração incrível daqui e é muito, muito legal. Eu gosto de ir nos parques apesar de não ter muito tempo. Gosto de ir a alguns restaurantes, o Camilla’s e o Olive Garden são um lugares onde eu gosto bastante de ir. Acho que Winter Park e Baldwin Park são lugares que eu vou e também gosto, são mais tranquilos, tem restaurantes em uma avenida, são lugares que eu frequento e recomendo.

Camilinha
Mônica, Camilinha e Marta, as brasileiras do Pride!

Confira os favoritos da Camila na cidade, no nosso já tradicional “Bate Bola”:

Parque: Busch Gardens, com certeza!
Atração: Shamu (SeaWorld)
Personagem: Harry Potter
Loja: Qualquer uma de esporte
Supermercado: Whole Foods e Publix
Restaurante: Camilla’s e Olive Garde
Fast food: Taco Bell
O que não falta na mala quando você vai para um jogo?: Um terço que ganhei de um amigo. Eu não esperava ganhar dele e eu carrego por onde eu vou, em todas as minhas viagens e é uma benção.

BÔNUS: Vamos terminar com gol, né? Dá uma olhada nesse golaço da menina! Incluse foi o gol da semana na NWSL (liga americana que o Pride joga):

Não deixe de conhecer mais e seguir a Camilinha nas redes sociais, principalmente no Instagram e no Facebook, sempre tem informação e um pouco do dia a dia da nossa campeã! Se preferir, acesse seu site oficial.

Quer assistir a um jogo do Orlando Pride?

O futebol feminino é febre na América, muitas meninas inclusive praticam diariamente em seus colégios e são presença constante nos jogos. Como todo evento esportivo nos Estados Unidos, o entretenimento é garantido. Enfim, se tiver a chance não pense duas vezes, como sempre falamos por aqui, vá! Aqui neste post tem o calendário completo de jogos do time, fora isso, tem tudo na nossa agenda também.

Adoramos a entrevista e você? Aproveite e não deixe também de seguir o +Orlando nas redes sociais, tem sempre muita coisa bacana, novidades e informações por lá! Facebook // Instagram // Twitter // Youtube.

Fotos: Orlando Pride/NWSL